A Carregar

 

O que é e o que faz uma Associação Mutualista?

As associações mutualistas são instituições sem fins lucrativos, que promovem a poupança dos seus associados e familiares e garantem o acesso dos mesmos a cuidados sociais e de saúde, como por exemplo a obtenção de um rendimento complementar de reforma ou de um benefício de apoio familiar, em caso de invalidez ou morte ou, ainda, a utilização de equipamentos e serviços de saúde ou de apoio social.

A sua gestão é feita pelos associados e para os associados, tratando-se de uma organização coletiva, particular, independente e autogerida, cuja concretização dos objetivos pressupõem o empenho e a participação direta dos seus associados.

As associações mutualistas desenvolvem ações nas áreas da segurança social, saúde, Apoio Social e promoção da qualidade de vida, garantindo benefícios diversificados que procuram responder às novas necessidades das pessoas e suas famílias.

 

Que princípios regem as associações mutualistas?

Os princípios que regem as associações mutualistas são os seguintes:

Democraticidade – Cada associado tem o direito de participar na vida associativa discutindo e votando em Assembleia Geral, elegendo e/ou sendo eleito para os órgãos associativos;

Liberdade – A admissão à associação, bem como a subscrição de modalidades de benefícios é totalmente livre, assim como a sua saída;

Independência – Face aos poderes públicos.

Solidariedade – Visando a entreajuda voluntária e o bem-estar colectivo dos seus associados.

Responsabilização – A gestão e funcionamento da associação pressupõe uma gestão democrática, participativa e sem proveito individual.

Igualdade – A discriminação não se articula com os ideais mutualistas. Todo e qualquer cidadão pode ser parte integrante do Movimento Mutualista e a partilha dos ganhos associativos são repartidos de forma igual.

 

Quais as vantagens de ser associado mutualista?

As vantagens de ser associado mutualista são inúmeras, designadamente:

-Usufruir dos benefícios concedidos pela associação mutualista de que é associado;

-Colaborar no planeamento da sua protecção social individual, contribuindo para os benefícios colectivos;

- Direito à escolha das modalidades de benefícios e dos serviços prestados pela associação;

- Eleger democraticamente os órgãos associativos e poder ser eleito;

- Participar activamente na gestão da associação e partilhar os benefícios.